Herramientas de usuario

Herramientas del sitio


pt-br:infraestrutura_de_chaves_publicas

Para garantir a confidencialidade, integridade, autenticidade e não-repúdio de uma determinada informação, faz-se necessário o uso de criptografia nas comunicações. Há dois tipos de criptografia: Criptografia Simétrica (conhecida como criptografia de chave secreta) e Criptografia Assimétrica (criptografia de chave pública). Nesta, cada usuário possui uma chave privada e uma chave pública. Se A deseja enviar uma mensagem para B, deve criptografá-la usando a chave pública de B (que está disponível publicamente) e apenas B poderá descriptografar a mensagem com a sua chave privada. Mas como garantir que a chave pública de B seja mesmo de B? Baseado no princípio da terceira parte confiável, aparecem as Infraestruturas de Chaves Públicas (ICP). Oferecendo credibilidade, uma ICP estabelece um sistema de certificação digital com base em chave pública. Assim, gerenciando a utilização de chaves públicas, as ICP possibilitam a transmissão das informações de forma segura. No Brasil, existe a ICP-Brasil, constituída por uma Autoridade Certificadora Raiz e representada pelo Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI). Dentre outras funções, o ITI fiscaliza as Autoridades Certificadoras.

Referências: http://www.softwarelivre.gov.br/artigos/artigo_03/ http://pt.wikipedia.org/wiki/Infra-estrutura_de_Chaves_P%C3%BAblicas http://www.lncc.br/~lgadelha/PKI_LNCC.pdf

/home/lefisadmin/public_html/lefispedia/data/pages/pt-br/infraestrutura_de_chaves_publicas.txt · Última modificación: 2017/03/21 11:18 (editor externo)